Por Luísa Guzzo de Farias, Arquiteta e colunista do Blog.

Instagram: @luguzzoarquitetura

 

Chegou o tema que sou apaixonada e creio que um dos que mais tenho experiência acumulada nos últimos anos rsrsrs… Vou dar várias dicas infalíveis e mostrar quartinhos feitos pelo escritório, espero que gostem. 😍❤

A espera de um bebê é um momento mágico na vida de uma família, e todos querem deixar tudo pronto para quando nascer ter um cantinho especial para ele em casa.

Com os imóveis cada vez menores, transformar o quarto de bebê simples e pequeno em um ambiente aconchegante e confortável pode parecer um desafio, mas utilizando os elementos certos o quarto com certeza pode se transforma em um espaço muito agradável para a mamãe e o bebê.

Tanto em um quarto mais sofisticado, quando no quarto de bebê simples e barato, alguns detalhes são importantes para poder manter o ambiente bem organizado e funcional. Primeiro você precisa saber que existem três móveis indispensáveis para o quarto de bebê, que são o berço, a poltrona para amamentação e um espaço para trocador.

A primeira dica para a decoração do quarto de bebê pequeno é investir em cores claras, pois elas ajudam a criar uma sensação de amplitude no quarto. Já as cores mais fortes podem ser usadas nos detalhes decorativos como almofadas, bichinhos de pelúcia, tapete e adornos.

Para economizar espaço, organizar e incrementar a decoração do quarto de bebê, invista em nichos e prateleiras, de preferência próximos ao trocador; estes itens são ótimos pois exploram o uso da parede servindo tanto para colocar objetos decorativos no ambiente, quanto para manter o quarto mais organizado, criando mais um espaço extra para guardar itens necessários para os cuidados do bebê. Não se esqueça da cortina, algo que ajuda a deixar o quarto mais confortável e aconchegante; o uso de papel de parede auxilia quanto não queremos mexer com obras nem pinturas, trazendo cor e aconchego de forma rápida e econômica.

Vou demonstrar três diferentes quartos com suas especificações para ficar mais exemplificado para vocês:

  • Quarto de apenas 9m², com guarda-roupas e cortina já existentes e uma viga que atravessava o quarto pelo teto que deveria ser escondida. Desafiador? E ficou uma graça o resultado né? Aconchegante, acolhedor e com todos itens que um quarto de bebê precisa ter.

 

  • Quarto de menina com dimensões maiores, porém projetado para permanecer até uma idade avançada da criança, com mesa para desenho, caixas para brinquedos, cama montessoriana e outros.

 

  • Quarto de menino que acompanhará as várias fases da criança, com cama, berço e guarda – roupas; tendo como tema “floresta” o quarto ficou discreto e aconchegante.


Espero que tenham gostado das dicas.

Beijos e até a próxima!