Um conselho: não feche negócio sem antes conferir essas dicas mais que essenciais para o seu contrato de prestação de serviços.

A escolha do fornecedor de um serviço é algo muito importante.

Ainda mais quando a execução acontecerá no dia do seu casamento.

Então, antes de qualquer coisa, vale o registro de que a referência é um excelente indicador para contratação.

Sendo assim, te convido a participar do grupo de noivas do Dentro do Casamento. Se desejar participar só mandar um direct para o instagram @dentrodocasamento com número de whatsapp.

Afinal, lá você vai encontrar as noivas mais antenadas!

E, mais que isso, as que tem as melhores referências dos serviços prestados pelos fornecedores da área.

Então, agora vamos passar a analisar a contratação sob o ponto de vista jurídico.

No aspecto contratual, alguns detalhes devem ser observados para evitar maiores problemas ao fechar um negócio.

Por isso, separei algumas dicas. Confira e anote para não cair em cilada na hora de fechar negócio e assinar o contrato:

1. Exposição de cláusulas no contrato

Todas as cláusulas e condições do contrato precisam estar previamente expostas ao consumidor. Isso é imprescindível.

2. Contrato com escrita clara

As cláusulas devem ser redigidas de forma compreensível.

Até porque, se não estiverem serão sempre interpretadas da forma mais favorável ao consumidor.

3. Serviço prestado

O serviço que será prestado deve estar minuciosamente detalhado no contrato, para que você consiga cobrar a execução exatamente como ficou ajustado no contrato.

É necessário constar todos os detalhes da negociação que te levaram a fechar negócio e assinar o contrato.

4. Forma de pagamento

A forma de pagamento com a descrição dos valores e data de vencimento de cada prestação (em se tratando de pagamento parcelado) precisa marcar presença no contrato.

Além disso, é importante que as possíveis penalidades aplicáveis em caso de impontualidade no pagamento também estejam presentes.

5. Soluções alternativas

E se a celebrante contratada não puder comparecer ao casamento porque se acidentou?

E se a artesã não concluir a lembrança dos pais ou o terço que usaria na cerimônia porque não encontrou os cristais que você escolheu?

É sempre muito bom que conste no contrato uma solução alternativa para casos como esses citados acima.

Afinal, todos estamos sujeitos à situações que fogem ao nosso controle.

A pandemia está aí para nos servir de exemplo.

Espero que tenham gostado das dicas para fechar um bom negócio e assinar o contrato de forma consciente e segura.

Até a próxima.

Lívia.

Acompanhem a Lívia no instagram @liviaqueiroz.adv

Mãos de mulher sobre o notebook segurando caneta lendo dicas para fechar negócio e assinar contrato