Por Luísa Guzzo de Farias, Arquiteta e colunista do Blog.

 

Instagram: @luguzzoarquitetura

 

Esta é uma dúvida frequente dos meus clientes, então resolvi explicar essas diferenças para vocês.

Na hora de mudar para um apartamento novo, uma das principais questões são os móveis sob medida (cozinha, quarto, etc).

Mas afinal, qual a diferença entre estes móveis e quais os prós e contras de cada?

Móveis modulares:

 

Estes móveis são produzidos industrialmente seguindo uma modulação pré-estabelecida, de modo que os armários são montados a partir de um catálogo de peças, que podem ser combinadas e atendem às necessidades gerais de uma casa, respeitando medidas padrão.

  • Vantagens:

Geralmente os móveis modulados custam menos do que os móveis planejados de lojas especializadas.

É mais fácil de achar modelos prontos nas lojas e não ter que esperar o tempo de fabricação.

  • Desvantagens:

Se você precisa de uma medida menor ou maior o modulado não tem essa opção.

E geralmente os acabamentos e cores são mais restritos.

Qualidade e tempo de duração do produto é menor.

Movéis planejados:

 

É muito comum a confusão entre os móveis planejados e modulares. Os móveis planejados também são produzidos industrialmente e seguem alguns padrões dimensionais, mas eles conseguem fazer projetos especiais e atender às dimensões e a algumas personalizações que os móveis modulares não atendem.

  • Vantagens:

Você consegue aproveitar cada milímetro do espaço que você tem.

Dá para colocar acessórios que ajudam no dia-a-dia. Ex: porta-tempêros na cozinha, tábua de passar roupa embutida, etc.

Você tem inúmeras opções de acabamentos, materiais e cores.

  • Desvantagens:

As lojas planejadas precisam de profissionais de design ou arquitetura para fazer o planejamento, e como os móveis não são fabricados em série, costumam cobrar muito mais caro.

Marcenaria:

 

As marcenarias são as queridinhas de muitos arquitetos, por executarem muitos detalhes e acabamentos e, assim, permitirem soluções super personalizadas e com qualidade.

Muitas pessoas têm experiências boas, mas também ruins com marceneiros: então, é preciso entender o que eles podem nos oferecer de melhor (execução cuidadosa e de qualidade) e não esperar deles o design dos móveis, além de ter boas referências antes de contratar.

  • Vantagens:

Conseguem atender diversos padrões por trabalharem com uma infinidade de materiais e acabamentos: MDFs/MDPs revestidos ou crus, compensado, laca, fórmica, folha de madeira e, normalmente, também madeira maciça;

Podem fazer uma variedade muito grande de detalhes (cavas, puxadores ocultos, frisos, etc), mesmos os que exigem algum trabalho mais artesanal;

Conseguem fazer móveis de quase qualquer medida (limitados ao tamanho comercial das chapas), oferecendo soluções que se encaixam nos cantos e situações mais específicos;

Apresentam um custo menor do que uma loja de móveis planejados.

  • Desvantagens:

Em geral conseguem entregar em um prazo de 30 a 60 dias, dependendo da demanda de trabalho. Mas este prazo pode acabar aumentando para projetos muito grandes;

Normalmente os marceneiros desenvolvem o projeto do móvel conforme sua solicitação.

Por terem uma estrutura menor, normalmente não conseguem parcelar muito.

Resumindo: a marcenaria oferece maior possibilidade de personalização, a um custo razoável; planejados pode representar mais segurança e tem um nível de personalização razoável, com um custo maior; já os modulados tem um custo mais competitivo, mas limitam as escolhas de projeto.

Vale lembrar que se você quer que seus móveis sob medida atendam da melhor forma possível às suas necessidades e se encaixem perfeitamente no seu espaço e estilo, o ideal é você contratar o trabalho de um designer ou arquiteto.

Beijos!!!