Está com receio de como cuidar do seu vestido dos sonhos pós casamento? Não se preocupe, pois você vai adorar essas dicas!

O planejamento do casamento é um dos momentos mais importantes na vida de uma mulher. E a escolha do vestido, então, é o item principal desse processo, pois exige perfeição! Você busca o vestido dos sonhos e não vai ser qualquer um que responderá aos seus anseios, não é verdade?

 

Depois da árdua busca, dias intermináveis de definição do tipo de tecido, ajuste do decote, da barra e de cada milímetro da roupa, chega o grande dia, de brilhar na cerimônia, se emocionar, curtir e celebrar a sua felicidade!

 

Porém, chega a hora de guardar essa peça tão marcante na sua vida. E milhares de dúvidas podem vir à sua cabeça: como ter certeza que ele vai ficar bem guardado? Como garantir que ele vai ficar bonito por anos e mais anos?

 

Para te ajudar, montamos uma lista com 7 dicas para você entender como lavar, armazenar e evitar avarias, para que essa lembrança fique viva para sempre!

  1. Lavar a seco logo após o uso

Assim que a festa acabar, provavelmente a barra do seu vestido estará super suja, de tanto arrastá-lo pelo salão, dançar e se divertir! Talvez aconteça também de você sujar com comida, bebida, enfim. Tudo é possível!

 

A melhor solução é tentar lavá-lo o mais rápido possível. O ideal é buscar uma lavagem à seco, e especialmente se for numa lavanderia que seja conhecida por lavar vestidos de noiva. Provavelmente o custo disso será alto, mas não arrisque optando por qualquer lugar, para não correr o risco de estragá-lo.

  1. Dá para lavar o vestido de noiva em casa?

Se a grana ficou curta por conta dos gastos da festa, lua de mel e tudo o mais, e não restou nem um centavo para deixar seu vestido na lavanderia, não se preocupe: é permitido lavar em casa sim!

 

A maneira mais segura é lavar a mão, mas entenda que vai levar um tempo considerável para finalizar o processo! Se for usar a máquina, faça isso usando o programa para lavar roupas delicadas e use um sabão neutro, para se precaver ao máximo.

 

Seja na lavanderia ou em casa, não demore muito para higienizar o vestido. O ideal é fazer isso no máximo até 24 horas depois do uso, o que evita que algumas manchas fiquem em definitivo nas fibras.

  1. Guardar o vestido em um capa de tecido

Depois de limpo, hora de guardá-lo, e isso também demanda cuidados. Para manter a qualidade das fibras e dos bordados, coloque-o numa capa de tecido ou TNT, evitando, assim, problemas de umidade. Esse tipo de material protege o vestido, ao mesmo tempo que permite que o ar passe, o que é essencial para não criar bolor.

 

Jamais guarde o vestido de maneira que o amasse-o, também não guarde enrolado, por exemplo. Isso prejudica os acabamentos. Ah, terminantemente proibido guardar em capas de plástico ou sacolas! Lembre-se que isso pode deixá-lo sem ar, o que faria ele ficar mofado com o passar do tempo.

  1. E se for guardar em caixas?

É possível guardar dentro de uma caixa de papelão, mas antes você precisa colocar o vestido num saco à vácuo, para que ele fique sem ar, diminuindo seu volume total. Importante que a caixa seja grande, para que ele não fique num espaço muito apertado.

 

Há algumas recomendações que sugerem que a caixa seja de papel acid free, ou seja, um tipo de material que não teve nenhuma reação ácida, e que são resistentes à água, já que sua composição contém cola animal. Esse tipo de caixa é comumente usado para guardar trajes em museus. Vale dar uma pesquisada para conhecer mais e conservar seu bem mais querido!

  1. Lavar de tempos em tempos

Enquanto o vestido está guardado, ele não vai se sujar, certo? Mais ou menos! Com o tempo, ele pode ficar amarelado e, para impedir de isso acontecer, é importante garantir que ele esteja guardado num lugar escuro, sem incidência de luz.

 

Além disso, 2 ou 3 vezes por ano, tire-o do seu abrigo secreto para dar uma arejada: deixe-o “respirar” próximo de uma janela ou da varanda, mas nada de deixá-lo tomando sol, viu? Não desgaste o tecido, que é tão delicado!

  1. Deixe seu vestido longe das traças

Outro receio de guardar o vestido por tanto tempo é a possibilidade de traças estragarem seu tesouro, principalmente se ele for feito com algodão ou for de seda. Já falamos anteriormente sobre observá-lo algumas vezes no ano para impedir desgastes e essa dica também vale para livrar o vestido do ataque desses e outros insetos.

 

Uma solução é guardá-lo junto com algumas bolas de naftalina, ou aqueles cubinhos de cânfora, sabe? É um método simples, que afasta qualquer possibilidade desses bichinhos se aproximarem e danificarem o tecido.

  1. Faltou espaço em casa para guardá-lo?

Guardar o vestido de noiva em casa demanda espaço, com certeza. Se você tem uma garagem, pode armazená-lo por lá, mas é arriscado por conta de possíveis goteiras, infiltrações ou outros danos por problemas caseiros.

 

A solução que te dará mais tranquilidade é deixá-lo num self storage, uma atividade mobiliária que existe na Cidade Maravilhosa e que você aluga um espaço para guardar, de maneira prática e com muita segurança, seus objetos favoritos. Além disso, com o self storage Rio de Janeiro, você tem a possibilidade de acessá-lo sempre que precisar, protegendo-o de todos os danos.

 

TOP né?

Foto do Grid Principal: Arruda e Poubel

Foto do Grid mais recente: Sintonia Fotografias